Home / Contos / Te amei, amo e sempre vou te amar – Capítulo 12 – O Ex X Atual

Te amei, amo e sempre vou te amar – Capítulo 12 – O Ex X Atual

_ Bom dia! Nossa chegou cedo, aconteceu alguma coisa?

_ Não é que hoje será o primeiro feirão com essas novas propostas queria repassar tudo e…

Levantei um pouco rápido da cadeira senti uma tontura, mas Rafael se aproximou colocou uma mão em minha cintura e segurou em meu braço.

_ Santiago?

_ Desculpa, pode deixar estou bem, estou bem.

_ O que esta acontecendo Santiago?

_ Nada Rafael é serio, eu só preciso de tomar um café era muito cedo ainda e… bem sabe que não consigo comer nada muito cedo.

_ E verdade aquele café imenso delicioso la no hotel quando nos fomos a praia e você… que tal irmos tomar um café ali na frente?

_ Vou sozinho.

_ Mas não vai mesmo e se acontecer algo?

Nesse momento Margo entra.

_ Ai esta minha companheira de café.

_ Oi garotos! Bom dia Rafael.

_ Margo me acompanha em um café com pão de queijo?

_ Mas Sam acabei de vir do Chico’s ate te chamei, mas… é…

Olhei para Margo fazendo alguns expressões tentando ser discreto com a intenção dela calar a boca e vir comigo, mas ela não entendeu muito bem.

_ Algum problema?

_ Nenhum problema Margo, O Santiago e eu vamos tomar um café no Chico’s e já voltamos. Vem Santiago e sem desculpas!

_ Obrigado AMIGA!

Disse ao passar por Margo arregalando os olhos.

Mais tarde enquanto eu arrumava a faixa do feirão.

_ Nossa se depender do corretor esse feirão sera um sucesso!

Olhei para baixo e vi Augusto.

_ Oi o que faz aqui?

Estou indo para uma reunião.

_ Em pleno sábado?

_ Pois é, fazer o que? A reunião foi adiada algumas vezes e decidiram fazer hoje não pode passar para o próximo mês e a próxima semana é a ultima e teremos muito trabalho, por isso nem combinei de almoçar com você hoje nem sei que horas essa reunião vai acabar.

_ Sei…

_ Mas a noite se você quiser posso passar la no seu ap. para vermos um filme levo algo gostoso para comermos, uma pizza que tal?

_ Ei Santiago pode deixar, desce da escada eu faço isso.

_ Já estou acabando aqui Rafael.

_ Bom dia, posso ajuda lo com Algo?

_ Não só estou conversando com o Santiago, e… Só uma pergunta você é o Rafael, aquele Rafael que sumiu?

Perguntou Augusto apontando para Rafael e para mim.

_ Se esta perguntando se eu sou o namorado do Santiago…

_ EX!

Gritei já descendo da escada ficando entre os dois que se olhavam com expressões nem um pouco amigáveis.

_ Sim sou eu, tive que fazer uma viagem, mas como pode ver já estou de volta retomando de volta minha vida de antes e você?

_ Eu sou… eu sou…

_ Você é…

_ Sim eu sou Augusto o amigo do Santiago, MUITO amigo.

_ Estranho nunca ouvi falar.

_ Talvez se estivesse aqui teria ouvido.

_ Já tem um tempo que voltei e essa é a primeira vez, mas por outro lado parece que você já ouviu falar muito de mim.

_ Ate de mais. Por outro lado acho bom que você tenha voltado e pelo visto muito bem, isto prova que não te aconteceu nada de grave, fatal ou seja você estava onde queria, por que queria!

_ Olha aqui!….

Disse Rafael irritado apontando o dedo para Augusto.

_ Esta tudo bem aqui?

Perguntou se aproximando Sr. Valter.

_ Sim esta, Sr. Valter.

Respondi afastando um pouco Augusto.

_ Desculpe Sr. Esta em atendimento?

_ Não, na verdade só estava passando e resolvi cumprimentar alguns amigos, mas já estou indo. Bom trabalho para você bons negócios.

Augusto foi saindo quando se vira para Rafael e diz.

_ Há Rafael estava vendo ontem uma reportagem e o Japão esta um clima muito agradável, por que não da uma olhadinha quem sabe você resolva passar uma temporada por la?

Disse isso e foi embora. Sr Valter nos chamou para uma pequena reunião antes de iniciarmos o feirão.

Mais tarde depois do feirão.

_ È serio que você esta com aquele idiota?

_ Primeiro que você nem conhece o Augusto e em segundo lugar isso não te interessa!

_ O cara nem te assumiu como namorado.

_ E por acaso você me assumiu? Foram um ano e quatro meses Rafael e para todos os efeitos eu era seu amigo.

_ Nem para todo mundo.

Disse Rafael passando a mão na testa como fazia sempre que ficava nervoso.

_ Quem? Quem tinha nos flagrado em alguma caricia ou beijo?

_ Certo! Ainda assim ele é um idiota, viu como ele falou comigo? Não gostei dele.

_ Queria que ele te convidasse para tomar algo? Talvez nos três para discutirmos o porquê você me abandonou e como faríamos para ele me devolver para você? Porque ao que parece você esta pensando que eu sou uma planta ou um animal de estimação que você viajou e deixou com alguém para tomar conta e agora que voltou quer de volta como se nada tivesse acontecido.

_ Não é nada disso Santiago eu te amo e você sabe disso, eu não te assumi antes ok eu fui errado éramos jovens nem você queria algo muito explicito na época lembra? Mas agora as coisas estão diferentes e hoje eu posso gritar para quem quiser ouvir que eu te amo sem nenhuma vergonha desse amor. Eu aprendi, desculpa se demorou, mas eu aprendi e te quero de volta sim, não como uma planta ou um animal de estimação, mas ao meu lado como meu amor, meu namorado, meu marido!

_ Não da mais estou com outra pessoa agora. Eu não sinto mais nada por você, na minha opinião você demorou de mais!
_ A é? Eu não acredito!

Rafael me deu um puxão me abraçou e tomado em seus braços me beijou. Não era a mesma coisa de quando estava com Augusto, tinha algo mais e mesmo não querendo com seus lábios tocando os meus era impossível não sentir todo aquele amor de volta tomando meu corpo era impossível sentir suas mãos tocarem meu corpo e não querer mais. Rafael então se afasta um pouco olha no fundo dos meus olhos e diz:

_ Se esse é seu beijo de quem não me ama mais, mal posso esperar pelo que receberei quando eu te reconquistar.
Acariciou meu rosto e saiu com um imenso sorriso no rosto.

Continua…

Dica de #Série – Make It Right

Fuse tem uma vida tranquila e normal na escola. Ele tem seu grupo de amigos e uma namorada. Um belo dia, descobre a infidelidade de sua parceira. Triste, mas sem coragem de terminar com ela, o rapaz se afoga nas mágoas e na bebida. Depois de um porre homérico, acaba fazendo sexo com um colega da escola, Tee. Ao acordar no dia seguinte e descobrir-se dividindo a mesma cama com outro garoto, Fuse descobre que sua vida nunca mais será a mesma.

Assista hoje o capítulo 6:

About gayson

Check Also

Confusões no Colegial – Capítulo 10 – Gripe

−Perfeitos. Simplesmente perfeitos (suspiros). Aqueles abdomens malhados, braços musculosos e os bumbunzinhos… (mordisca os lábios …

One comment

  1. Por um mundo em que os capítulos durem mais..:/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *