Home / Atitude / A novela Malhação arrasa ao mostrar que ser gay não é escolha; Veja Agora

A novela Malhação arrasa ao mostrar que ser gay não é escolha; Veja Agora

Depois da última temporada do programa Amor & Sexo, que discutiu drag queens e questões de gênero, e da primeira cena de sexo gay em Liberdade Liberdade, a TV Globo mais uma vez deu show de diversidade ao abordar didaticamente um assunto ainda rodeado de ignorância por maior parte das pessoas: a orientação sexual.

No capítulo de ontem (23/11/2016) da novela Malhação, o personagem Ortega (Zé Júnior) deixou claro por que sexualidade é orientação e não escolha ou opção como se diz erroneamente por aí.

Na cena, o professor de dança Ortega, explica ao lutador Rômulo (Juliano Laham) sobre como é ser gay: “Um dia um aluno me chamou de ‘bichinha’. Sabe o que eu disse pra ele? ‘Eu sou sim!’ E aí tive que pedir exoneração…”, quando Rômulo questionou: “Mas isso é um absurdo! Uma pessoa não pode ser impedida de trabalhar por ser gay, por causa da escolha dela!”. E foi então que Ortega arrasou e explicou emocionado: “Você acha que eu escolhi ser humilhado, ser xingado ou ser perseguido dia sim, dia não? O que acontece é que a gente sente e tem atração diferente de quem é hétero. Será que é tão difícil entender isso?”.

Em um país como o Brasil, que já investe tão pouco em educação e onde o governo proíbe kit anti-homofobia em sala de aula só pra agradar bancada conservadora e evangélica, o papel dos meios de comunicação nestas discussões acabam sendo fundamentais, sendo muitas vezes uma das únicas alternativas para educar o povo. Não que eles tenham essa obrigação, mas assim sendo, nos fazem um grande favor. Por isso, mais uma vez, fica aqui nosso reconhecimento e agradecimento à emissora e ao autor Emanuel Jacobina.

Abaixo um depoimento do ator Zé Junior sobre a cena:

CAUSA GAY EM MALHAÇÃO: Pelo grande respeito que tenho aos meus amigos gays resolvi interpretar esse personagem da forma como todos eles sempre lutaram e sonharam ser representados na televisão… como pessoas NORMAIS ( que de fato SÃO!). Construí o Ortega com uma alma “diferente”, ele não é afeminado, nem afetado, nem nada… exatamente o contrário, preferi que ele fosse -másculo- inclusive.

Vamos quebrar protocolos e sair do óbvio ? Estamos todos muito felizes com o resultado que se deu pois essa cena não para de repercutir desde quando saiu do ar. O Ortega é um ótimo professor da academia Forma e existem inúmeros contextos da qual ele pode ser inserido na trama MAS não tenham dúvidas de que… se essa cena (em especifico) continuar alcançando as pessoas da forma como está o autor entenderá que o público quer comprar essa idéia de fato e o Ortega, sem duvidas, continuará lutando especificamente contra o preconceito na novela.

A dica que posso oferecer a vocês que QUEREM ver esse tema crescer cada vez mais em Malhação é… Compartilhem!… Compartilhem MUITO essa cena/ mensagem com todas as pessoas que puderem pois além de ser um grande aprendizado para qualquer pessoa, é também o principal indício de “pressão popular” para que venham mais e mais esclarecimentos como esse nos próximos capítulos.

Estou aqui tentando colaborar humildemente da forma que posso e desde já quero agradecer pelas mensagens que não param de chegar aqui pra mim. Espero poder continuar contribuindo com minha a arte o máximo possível para que esse mundo EVOLUA de uma vez por todas! Grande abraço a todos, postarei mais tarde em meu instagram (@zejunioroficial) uma conta dele. A hashtag ” #malhacaogayortega” ja está em atividade também, usem e abusem. Estou aprendendo com tudo isso, muito… como ator e pessoa. Vamos pra cima. Contem comigo. Tmjjjj!!! #compartilhem

About gayson

Check Also

Prefeito casa com parceiro e enfrenta (ainda mais) a homofobia

Cinco anos atrás, um candidato a prefeito se assumiu gay durante a campanha pela primeira vez …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *