Home / Contos / Desejos de Colégio – Capítulo 12 – Depois Daquilo

Desejos de Colégio – Capítulo 12 – Depois Daquilo

A menage com Matheus e Rodrigo tinha sido a melhor experiência da minha vida. Não sabia mais no que pensar. Passei o resto do dia duro em casa. Nenhum dos dois falou comigo, nem por mensagem, nem por ligação.. Nada. Acho que é normal, devem estar tentando se acostumar com o que aconteceu.

Eu não sabia mais o que queria. Ainda sentia muitas coisas confusas pela Rodrigo, mas o jeito que tudo aconteceu ontem anulava qualquer chance de um romance. Não sabia mais o que pensar.

MADRUGADA DE SUOR

Estava ainda com as chaves do ginásio que o professor Fábio deixou comigo, então de madrugada deu vontade de voltar lá e reviver a tarde que tive com os meus 2 muchachos. Como o colégio era perto peguei a bicicleta da irmã de Matheus que ainda estava comigo e fui até lá pedalando. Entrei e notei que as luzes do vestiário estavam ligadas. “Será que esqueci de desligar mais cedo?” Fui chegando perto, sem fazer barulho e com medo de ter alguém ali e então subi na bancada alcançando a janela.

Lá dentro estava Guilherme, um dos únicos meninos gays assumidos do colégio. Ele estava todo suado e ofegante. Lembrei então que Guilherme corria em maratonas pelo colégio, tinha diversas medalhas. Faz sentido ele estar aqui, deve ter treinos sem parar.

Já estava pensando em voltar pra casa quando ele tirou a camisa. Seu corpo era muito bonito. Guilherme tinha 1,89 sendo mais alto até que Leandro (com seus 1.85 metros). Ele não era musculoso, tinha corpo de corredor. Alguns pelos raros acompanhavam seu peitoral só. Seu cabelo era comprido mesmo e estava preso em um coque, provavelmente pela corrida que treinava, e ele estava todo suado e desgrenhado deixando-o mais sexy ainda.

Ele tirou o calção e deu pra ver seu volume quando ele ficou de lado. Era enorme, monstruoso quase. “Será que estava duro?” eu pensava. Tive que continuar espiando. Ele começou a passar a mão por seu corpo, deixando seu volume mais duro ainda. Ele se alongava e pingos de suor molhavam o chão. Seu pau ficando cada vez mais duro. Então ele falou “porra, sempre fico duro depois de correr” apertando o volume no seu calção.

Por um segundo achei que ele estava falando comigo e me assustei, daí percebi que falava sozinho. Ele ficava cada vez mais duro, então tirou seu calção, estava sem cueca, deixando pra fora aquele pau enorme e babando.

Ouvi alguns passos e me assustei novamente, pensando que seria pego, me abaixei sem fazer barulho e então vi pelas sombras na janela que mais alguém tinha entrado no vestiário.

-Nem me esperou e já está duro, seu safado?

Falou uma voz que eu não conseguia distinguir. Estava com medo de olhar e ser descoberto mas estava muito curioso e meu pau estava começando a ficar muito duro também, precisava bater uma. Ouvi barulhos de boquete e então subi novamente na janela, no canto escuro dessa vez para não ser pego.

Fique chocado com o que eu vi. Era o professor Fábio, de joelhos, chupando aquele mastro de Guilherme. Ele segurava a cabeça de Fábio e falava “isso, professor safado, engole essa pica, engole com vontade” e tirava da boca pra bater na cara dele com o pau.

Fábio estava só de calção. seu corpo definido de 1,80 e lisinho estava arrepiado de tesão. Estava de pau duro e toda hora apertava ele pelo calção. Então o professor levantou e começou a beijar Guilherme e bater uma punheta com uma mão e a outra enfiava na bunda dele.

“Vai ser a vadia do professor vai? Vai dar esse cuzinho pra mim?” Fábio falava entre beijos

“Só se aumentar minha média, não quero ficar de exame” Guilherme respondia

“O único exame que você vai ficar é o exame médico comigo, fica de 4 pra eu examinar esse cu vai”

Eu estava em êxtase com o que eu tava vendo. Fábio, o professor, todo hétero, com namorada etc etc etc, sendo um total safado. Tirei meu pau pra fora e comecei a bater uma, eu já tinha babado minha cueca inteira. Guilherme obedeceu o professor e ficou de 4 no chão, enquanto Fábio tirava seu calção, colocando pra fora um pau não tão grande, mas muito mais grosso que o de Guilherme.

“Vejamos se tá tudo bem aqui” Fábio falava enquanto chegava perto do cu de Guilherme, e então enfiou um dedo enquanto masturbava Guilherme com a outra mão.

“Me come professor, to morrendo de tesão aqui” Guilherme implorava

“Calma safado” Fábio respondeu, dando um tapa forte na bunda dele.

Meu pau estava muito duro, muito mesmo. Aquela cena estava muito gostosa. O professor Fábio então cuspiu no cu de Guilherme e enfiou a tora grossa do pau dele bem fundo, fazendo Guilherme gemer de prazer e eu quase gozar de tão rápido que comecei a bater.

“Isso, me come professor safado, come seu aluninho que eu sei que voce gosta”

“Como, gosto mesmo, cuzinho gostoso. Senta aqui em mim, safado”

Então Fábio tirou o pau dele todo de uma vez e sentou no mesmo banco que algumas horas atrás eu, Matheus e Rodrigo tivemos nossa menage. Se eles soubessem disso…

Guilherme sentou nele com vontade, quanto mais ele sentava mais Fábio apertava e punhetava seu pau e mais eu batia com o meu. Guilherme gemia e seu pauzao babava na mão de Fábio que revirava os olhos de tesão. Logo, nós três gozamos ao mesmo tempo, eu escondido e eles um no outro. O gemido de ambos só me lembrou da tarde com Rodrigo e Matheus e já me bateu saudades daquela tarde. Será que aconteceria novamente?

Sai correndo dali pra não ser pego, mas no máximo de silencio que conseguia. Agora eu sabia de vários segredos e mal sabia como usar.

***

Gente, primeiro: queria agradecer pra quem acompanhou a história até aqui e o pessoal novo que começou a ler agora, obrigado, estamos no capítulo 12 já! Saibam que eu leio todos os comentários com muita atenção.

Amo escrever pra vocês.

Alguns avisos agora:

Esse capítulo foi mais curto mas bem importante pro restante da história. Serviu pra introduzir melhor o Guilherme (mencionado no capítulo narrado por Rodrigo) e a descoberta sobre o Professor Fábio (que renderá frutos rs).

Uma coisa importante: o próximo capítulo vai ter narração do Matheus! Finalmente! Quem tá animado com isso?

Qualquer coisa tem os comentários ali, adoro ler eles 🙂

About gayson

Check Also

Confusões no Colegial – Capítulo 10 – Gripe

−Perfeitos. Simplesmente perfeitos (suspiros). Aqueles abdomens malhados, braços musculosos e os bumbunzinhos… (mordisca os lábios …

15 comments

  1. Caralhooooooo to amando posta logo o proximo <3

  2. oi gosto muito dos contos e adoraria obter esses videos como faço

  3. augusto linhares

    estou acompanhado esse conto desde o inicio e estou amando todos os dias espero ancioso para ver o proximo capitulo…queria essas historias em videos tem como?

  4. Idevaldo Simão cardoso

    Vc é ótimo escrevendo contos eróticos ou romances. Espetacular seu conto romântico sobre Edu e Andy. Só não gostei muito do final, acho que eles deveriam ter se beijado quando o Edu se declarou para o Andy mas em fim….meus parabéns, merece até continuação.

  5. Esta incrível parabéns mesmo estou amando cada e me identifiquei por que na mi há escola tem exatamente um Matheus e um Rodrigo se acham o super heteros mais não sao haha.

  6. estou adorando o conto acompanho desde o inicio, mas fala ai e o leandro, esperava que ele fosse ter um caso com o bernardo tambem sera que rola?

  7. EU TO PASSADO COM ESSE CAPITULO!

  8. Karalho, lendo achei que era o rodrigo que tava se pegando vom Matheus mas o prof Fabio q tsao heimmm, lembro meu tempo de escola apaixonado…Bons tempos.. Ainda acho que poderia virar curtas nao acha????

  9. Todos dias fico na espera do próximo capitulo, amo todos os contos você é ótimo escritor meus parabéns. continua sempre assim com seus contos.
    Amo muito

  10. nossa acompanho todos os contos, é cada um melhor que o outro… Mais esse ta me tirando o fôlego.
    Toda vez que leio um capitulo sinto vontade de fazer sexo fico excitado cheio de tesao, fico aguardando ancioso pelo capitulo seguinte.

  11. Acompanho desde o começo é cada capítulo eu gosto mais ainda. Parabéns

  12. anderson vinicius

    Narrado por Matheus ainda bem será q Matheus e gay !? Queria q fosse mais isso e impossível?! Ai publiquem logo isso .

  13. Estou acompanhando desde o primeiro capítulo. Estou amando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *